Responsabilidade pelo produto

Por conta de nossa presença diária na vida de muitos brasileiros, temos a responsabilidade de garantir que todos os produtos da Rainha Nutracêuticos sejam fabricados segundo os padrões mais elevados de segurança e qualidade. Também devemos nos comprometer com práticas ao longo de todo o ciclo de vida, da inovação ao descarte, para reduzir os impactos e riscos naturais do negócio. A qualidade de nossa produção é assegurada por uma série de processos e protocolos que se estendem da criação e desenvolvimento até o pós-consumo, passando pela rotulagem, fabricação, armazenamento, distribuição e pela comunicação de marca. Essas práticas são geridas por equipes específicas, sob orientação das políticas nacionais da empresa.
Todos os riscos inerentes à produção, são controlados por testes e checagens de amostras. Sempre que recebemos contatos sobre supostas anormalidades, o caso é analisado e investigado por uma equipe especializada, que elabora um laudo e pode recomendar, inclusive, medidas corretivas em nossas atividades.
Obrigatoriamente, todas as operações da Rainha Nutracêuticos devem seguir a legislação do país, o que inclui normas específicas sobre comunicação de marca, sistemas de produção, padrões de segurança e utilização de matérias-primas. Não aplicamos, no entanto, o princípio da precaução, que preconiza a não utilização de determinados produtos ou ingredientes sobre os quais haja incertezas científicas.

Controle de qualidade

Na fábrica, centros de distribuição, fornecedores e pontos de venda, realizamos checagens e auditorias para garantir que nossos produtos cheguem intactos ao consumidor.


Confira, abaixo, as práticas-padrão para cada uma das etapas do ciclo de vida de nossos produtos:

Inovação

Para desenvolver qualquer novo produto, nossas equipes de pesquisa e desenvolvimento analisam rigorosamente aspectos como composição química, estrutura de embalagens e design, levando em conta as normas e padrões dos mercados em que o produto será comercializado.
No aspecto de embalagens, cabe às equipes avaliar sua durabilidade, resistência e segurança e identificar oportunidades de redução de impacto alinhadas ao nosso Plano de Sustentabilidade. Outro ponto importante é o perfil nutricional: realizamos pesquisas para aprimorar a composição dos produtos alimentícios, com práticas de fortificação e redução de gorduras, açúcar e sódio.

Fabricação

Para garantir a segurança e a qualidade na produção, nossos funcionários realizam verificações de rotina utilizando a metodologia Consumer Relevant Quality Standards (CRQS, ou Padrões de Qualidade Relevantes para o Consumidor), que contempla avaliações sensoriais e das propriedades físico químicas do produto estabelecendo procedimentos de manuseio, higiene e controle de qualidade. No caso dos fornecedores responsáveis por parte da fabricação dos produtos, realizamos auditorias periódicas para verificar suas práticas.

Armazenamento e distribuição

Após a etapa produtiva, a Rainha Nutracêuticos garante que seus profissionais, bem como fornecedores logísticos e clientes, realizem o adequado manuseio dos seus produtos. As atividades obedecem às normas sanitárias globais e brasileiras e contemplam desde padrões de estocagem até controles de temperatura.
Os pallets e caixas com nossos produtos são armazenados em centros de distribuição, geridos pela Rainha Nutracêuticos ou por terceiros e auditados anualmente. Possuímos uma política de co-store que, mediante testes reais e em linha com a legislação do País, permite o armazenamento de produtos de diferentes categorias sem comprometer sua qualidade.
A distribuição também envolve o controle da higienização dos caminhões e a separação adequada dos produtos por categoria, peso e tipo de embalagem. Para isso, a Rainha Nutracêuticos possui um protocolo de critérios de confecção para os pallets e caixas de embarque, que deve ser obedecido por fornecedores logísticos e clientes que distribuem os produtos.

Venda e pós-consumo

As etapas finais do ciclo de vida de nossos produtos contemplam a comercialização e seu uso e destinação final pelo consumidor. Nos pontos de venda (BodyShops, farmácias, comércios e lojas) em que estamos presentes, capacitamos nossos promotores quanto aos procedimentos de manuseio de produtos e embalagens.
A fase de pós-consumo está ligada aos impactos que nosso negócio oferece à hora do descarte de produtos e, também, às percepções do consumidor após utilizá-los. Por isso, todas as sugestões e manifestações ocorridas no SAC são analisadas, compiladas por categoria e apresentadas mensalmente às equipes.